Home A Crônica River Land Metrópole Esplanada Mata Prainha Red Rocks Castle City Etc Download
River Land
Cainitas
Brujah
Gangrel
Malkavian
Nosferatu
Toreador
Tremere
Ventrue
Assamita
Giovanni
Lasombra Antitribu
Caitiff
Regiões
Elísios
Locais

Harrisson

Peão (Xadrez)

Nome: Harrissom
Conceito: Mercenário da Lei
Status: Ancillae (3)
Idade aparente: Casa dos 30
Abraço: 1954
Sire: Akira

Descrição:

Atributos: Físicos; força, vigor;
Habilidades: briga, armas de fogo, armas brancas, investigação;
Disciplina: Fortitude
Fraquezas: Aparência, Consciência

Histórico:

Harrisson apenas ficou conhecido após ser "apresentado" à Camarilla e desde o princípio se preocupar com a segurança dos cainitas, vindo auxiliar seu amigo "Brutamontes" antigo xerife da cidade. Era um anarquista sem igual, embora exercesse seu cargo de delegado com muita habilidade, traindo seus amigos sempre que podia para ganhar status.

Em 1959 foi nomeado Delegado da cidade por Brutamontes (que exercia ambos os cargos).

Retrato:

Um verdadeiro monstro, com seus 2,10m de altura e aproximadamente 130kg de puro músculo. Seu rosto, devido aos frenesis possui pêlos ralos e longos, olhos de gato que brilham no escuro. Quando fala mais parece urrar.

Sempre usa jaquetas pesadas, calças rasgadas e faz cara de mau e costuma intimidar quem esteja em seu caminho.

Extremamente fissurado pelo poder e pelo controle, pisa em todos que julga inferiores, o que o torna odiado por muitos, especialmente por aqueles que tem algo a temer. É daqueles que não leva desaforo pra casa, embora também não seja nenhum imbecil e manter-se precavido acima de qualquer circunstâncias.

Crônica:

Defende acima de tudo seu cargo e danem-se as intrigas. Desempenhar seu papel é mais que suficiente e para ele basta.

Círculos:

Pertence ao Círculo dos Xerifes.

Refúgio:

Desconhecido.

Domínio:

Nenhum, embora possua autoridade em toda a extensão urbana.

Boatos:

  • Ele persegue os vampiros de Castle City que entram na cidade, especialmente os não Gangrel;
  • Assim como todo homem da lei, descarrega seu ódio nos simples anarquistas da Camarilla e "se encagaça todo" com os outros "foras-da-lei";
  • Ele e Brutamontes ignoram as ações do Sabá para evitar problemas para eles;
  • Ele e Brutamontes passam a noite toda marcando o passo dos membros da Camarilla (somente);
  • Ele está em constante briga com Brutamontes;
  • Ele assassinou Marlon Santos (Caitiff) por engano pensando ser Sabá;

Pharahos by Night é produto de ficção e imaginação. Qualquer semelhança com fatos ou pessoas na vida real é mera coincidência.