Home A Crônica River Land Metrópole Esplanada Mata Prainha Red Rocks Castle City Etc Download
River Land
Cainitas
Brujah
Gangrel
Malkavian
Nosferatu
Toreador
Tremere
Ventrue
Assamita
Giovanni
Lasombra Antitribu
Caitiff
Regiões
Elísios
Locais

Mayra

Peão (Xadrez)

Nome: Maira
Conceito: Sonhadora
Status: (0) Neófito
Idade aparente: Casa dos 20
Abraço: Década de 60
Sire: Dorneles

Descrição:

Atributos: Mentais; percepção, raciocínio, destreza
Habilidades: Perícia; empatia, empatia com animais, performance, furtividade, ocultismo
Disciplina: Auspício, demência

Histórico:

Em 1968 Maira pisou pela primeira vez na cidade, em companhia de seu Dorneles. Passaram-se uns anos e seu senhor deu continuidade à sua vida de nômade, abandonando-a.

Até hoje sua não-vida continua sendo um mistério para os cainitas da cidade. O que os membros sabem é que seu refúgio fica no cemitério da Cidade Central numa das velhas construções caindo aos pedaços há muito não visitadas.

Retrato:

Estatura média baixa, longos cabelos loiros.

Usa roupas comuns, populares, sempre diferentes e impecavelmente limpas.

Ela vê e ouve o que ninguém mais consegue penetrar com os cinco sentidos ou então é lunática mesmo. Ninguém a compreende, embora ela compreenda os que com ela se relacionam. Misteriosamente consegue envolver os que dela se aproximam em um clima de lucidez (ou embriaguez) e compreensão do mundo alem das formas perceptíveis pelos sentidos básicos propriamente ditos.

Crônica:

Relaciona-se com todos os membros (inclusive com a Criança - sua amiga), como se não existisse nenhum conflito entre os eles.

Círculos:

Pertence aos Zeladores de Elísio.

Refúgio:

Cemitério da Cidade Central, em um dos locais menos visitados.

Domínio:

Oficial nenhum, mas o cemitério é visto como seu por excelência. Os membros costumam pedir permissão a ela para entrar no cemitério.

Boatos:

  • Ela conhece todos os segredos mais ocultos dos membros da cidade, embora os ignore;
  • Criança é sua prole;
  • Ela possui contato com as fadas.

Pharahos by Night é produto de ficção e imaginação. Qualquer semelhança com fatos ou pessoas na vida real é mera coincidência.