Home A Crônica River Land Metrópole Esplanada Mata Prainha Red Rocks Castle City Etc Download
A Crônica
A Crônica
Histórico
Sucessão de Poder
· Mata
Poder dos Clãs
Círculos
Regiões

Século XX (Parte 2)

1975: Kwaider (Gangrel), roqueiro pede permissão para se instalar com sua banda na cidade sendo aceito pelas duas facções. No mesmo ano constrói a boate underground conhecida por "Liberdade de Expressão".

Devido ao assassinato de um membro importante da ONU, causado por uma tentativa de assassinato de um vampiro que viria visitar River Land, a primigênie declara em uma reunião da Camarilla que a partir desta o Aeroporto Internacional e o Terminal Rodoviário seriam declarados elísio e que a punição para quem usasse a violência nas suas dependências ou nas quadras próximas seria a declaração de uma caçada de sangue.

Depois de muitas discussões, Esplanada declara vários elísios, dentre eles o Aeroporto, Porto, terminal Rodoviário, Ed. Pallazios, Calçadão Central, etc.

1977: Angela Madissom a convite de Brutamontes retorna da Europa para assumir o cargo de Co-Delegada. Ela era a ajudante de Brutamontes em Esplanada nos tempos do Príncipe Malkavian Bira.

1978: A disputa pelo poder tornava-se cada vez mais acirrada (enquanto o Sabá tomava conta da cidade). Ambos os grupos estavam em condições iguais, mas em maio de 1978 Washinghton deixa a cidade por motivos pessoais (negócios). Desde então Andréia e Ben Hur começam a controlar a cidade.

Andréia declara o Shopping Central como elísio de River Land.

1979: A situação continuava piorando, e a insegurança já era visível, chegando até a cogitar uma intervenção dos vampiros de outras cidades de Pharahos. A cidade de Esplanada ameaçou assumir provisoriamente o comando da Camarilla em River Land caso não chegassem a um acordo.

Em junho de 1979, todos os vampiros da cidade foram convocados para uma reunião emergencial. Pouco antes da reunião começar, o comentário dos membros era de possivelmente haver batalhas, ou no mínimo acabar em confusão. Foram enviado os xerifes da Metrópole e da Esplanada para participar dessa reunião. O que se sucedeu, no entanto, pegou todos de surpresa, principalmente Amadeus.

Quando um dos carniçais da mansão convidou a todos para passarem à sala de reuniões, Andréia aguardava-os enquanto os membros tomavam lugar na mesa sentada no "trono" de príncipe (local onde o último a ocupar em uma reunião fora o Ventrue Franco Donkilla. A cadeira pertencente à Andréia (no segundo patamar, pertencentes à primigênie) estava vazia.

Logo todos estavam acomodados e no ar pairava um silêncio mortal, quando Andréia, tomando a palavra comunicou o verdadeiro motivo da reunião: eleição do príncipe da Camarilla. Dentre suas argumentações, tentou provar que triunvirato não mais funcionam no século XX e que é necessário um líder que tome a dianteira, aconselhado pela primigênie. Em defesa de uma filosofia democrática, afirmou ter recebido o voto da maioria dos membros da primigênie. Segundo as leis da Camarilla, lidas pelo seu secretário (carniçal), cada clã tem direito a um voto representativo dado pelo líder do clã.

Amadeus tentou contestar, mas conseguiu apoio apenas de alguns membros sem status e anarquistas. Sua sugestão de que todos presentes teriam direito (por levar vantagem) a voto não foi aceita, sendo contestada pelos membros mais jovens. Sem mais a declarar, foi aberta a votação, tendo apenas dois candidatos, Amadeus (Tremere) e Andréia (Ventrue).

O primeiro clã a votar foi o Brujah, tendo seu líder "Bobby", que de forma simples e direto, sem argumentar, proferiu o nome de Andréia e passou a palavra (contando com a incompreensão da maioria dos Brujah novatos). O clã Gangrel, tendo seu líder Harrisson, sem se levantar proferiu o nome de Andréia seguido de um murro na mesa em tom decidido. O clã Malkavian não compareceu, ou melhor, não indicou nenhum nenhum membro como representante da primigênie. O clã Nosferatu, representado por Galeus (que mesmo compondo o triunvirato de Castle City era membro ativo da Camarilla), após longo discurso e duras críticas às atitudes de Andréia votou em Amadeus. O clã Toreador, representado por Ben Hur votou em Andréia. Até o momento já estava 3 a 0 para Andréia, já eleita. O clã Tremere, na voz do próprio Amadeus fechou sua contagem com dois votos. Finalmente o clã Ventrue, representado por Andréia, uma vez que Washinghton deixara a cidade e o posto de lider do clã, votou em si mesma confirmando sua vitoria por 4 votos a 2, havendo uma abstenção.

O que somente poucos entendera foi o motivo de Bobby ter apoiado Andréia. Andréia em seu discurso, agradeceu aos presentes e comunicou que sua primeira medida seria mover a sede da Camarilla para a sua recém construída mansão. Também foi oficializado a manutenção dos domínio das áreas de River Land, sem nenhuma alteração. Aproveitou também para colocar sua mansão na lista dos elísios de River Land.

Menos de um ano após ter vencido as eleições, Andréia passou a menosprezar Bobby e tentar retirar de seu domínio a Cidade do Crime. Devido às desavenças entre Andréia e Bobby, o mesmo passou a apoiar Amadeus, que também conquistou apoio dos Malkavian devido ao descaso com que Andréia tratava os membros menos influentes na sociedade vampírica.

Tudo estava pronto, Amadeus estava pronto para convocar uma nova eleição para a escolha do príncipe, Andréia apresenta o mais novo membro aceito na cidade e que passaria a refugiar-se na mansão de Andréia: Jake do clã Assamita. Nessa mesma reunião, nada de anormal ocorreu, embora tenha sido visível o ódio demonstrado por Jake contra o membro do clã que amaldiçoou os filhos de Haquim. Antes do término da reunião Andréia concedeu o título de Algós da cidade para Jake.

Galeus apresenta Mara Ângela Solmeiro, sua prole, à Camarilla. Mara é formada em Biologia pela UCH e trabalha com pequenos animais e bactérias. Possui um laboratório particular e só se relaciona com os membros por e-mail.

Teddy (membro do triunvirato de sangue de Metrópole é descoberto participando de rituais do Sabá e, após uma curta investigação, assassinado em uma reunião no Labirinto. Como único membro do triunvirato, Zoffra aproveitou para abraçar oito mortais de Metrópole entre 1980 a 1982, sendo eles: Nestor Theveneze, Ana Coller, Ed Aniran, Nayara Penna, Paulo Kerle, Sandy "Inércia", Sirlei Cabennas e Zulmira Testa.

1980: Após várias desavenças com Andréia, Raphael Barcontes (o "Piralho") passa a particiopar oficialmente de Castle City. Meses após o corrido, Coronel Balthasar é empossado príncipe de Castle City, e são nomeados como primógenos Kika (Brujah), Suzana (Gangrel), Rades (Malkavian), Galeus (Nosferatu), Mana (Toreador) e Raphael (Ventrue). Não há participação do clã Tremere na Cidade Histórica.

Já na Camarilla de River Land, os primógenos são: Bobby (Brujah), Harrissom (Gangrel), Galeus (Nosferatu), Ben Hur (Toreador) e Amadeus (Tremere). O clã Malkavian não possui representante oficial, sendo enviado membros do clã, inclusive os desprovidos de status, para representá-los. Ao clã Ventrue por contar com o Príncipe, não foi concedido o direito de nomeação de um primógeno.

1981: Bobby apresenta sua prole à Camarilla, um rapper conhecido por Mano Charles.

Maira conseguiu finalmente convencer a primigênie de River Land a aceitar o Cemitério Municipal como elísio.

1982: Andréia oficializa sua preocupação com a Cidade do Caos, local onde estão localizados a Reserva Ecológica (com presenças de Lupinos), o Bairro Chinês (com forte presenças de seres conhecidos como vampiros orientais e a máfia chinesa) e o Moro da Forca (uma favela em pleno centro da cidade - centro do crime organizado e domínio do Sabá). A preocupação expande-se também ao Moro da Rocinha e a Caixa Baixa, duas favelas tomadas pelo Sabá.

Vem a público (para os vampiros) que Morgana Lowski é dona da melhor agência de investigação da cidade. Alguns membros não gostaram da novidade, especialmente quem havia contratado seus serviços.

O Toreador Mestre (que tinha direito a criar uma prole desde 1935) abraça Kyoto Horaki, paisagista de origem Japonesa.

1984: Um membro sem clã (Caitiff), denominado "Pander" recebe visto de permanência do príncipe da cidade (Andréia).

A primigênie de River Land declara o Hotel Continental como elísio. A primigênie e a príncipe se responsabilizam pelo mesmo.

Marquês Ravencer é abraçado por Sílvio Mayer ao tentar uma tomada corporativa numa das empresa comandada pelo Ventrue de Metrópole.

Cindy Wooh, uma mortal amiga de Larry Peace começa a frequentar as reuniões da Camarilla. Em 1992 ela é abraçada e incorporada ao alto escalão da Camarilla de Esplanada.

Os Tremere Jattah (Egípcio) e Derrick Ambos são transferidos do Cairo para Metrópole. Derrick nos próximos anos passa a ocupar o cargo de Co-Delegado de Metrópole.

A família Farrast começa a buscar forças para organizar o principado de Metrópole e conter o rápido avanço do Sabá, tornando-se os dominantes da cidade com o apoio de quase 90% dos cainitas.

Jane Flint é abraçada por Andricz Zmnczezky e apresentada a Camarilla.

1985: No mês de abril ocorre um blecaute que deixou a cidade no escuro a partir das 22h. Todos cogitavam ter uma mão cainita por trás desse incidente, mas, para surpresa de todos, o responsabilizado foi um garoto rebelde numa tentativa de se vingar das companhias elétricas, procurado pela polícia por vários atentados usando explosivos, inclusive acusado anteriormente de colocar bomba nos banheiros do hotel onde estava hospedado o governador do estado do Leste.

No mês de agosto Bobby apresenta-o como sua prole à Camarilla. Seu apelido é Foca.

Após vários incidentes envolvendo grupos do Sabá em Metrópole, em 26 de agosto a Camarilla estava reunida discutindo soluções, quando chega Zulu com as roupas rasgadas carregando seis membros do Sabá em torpor com estacas no coração. Chegando a sala jogou os corpos sobre a mesa redonda e proferiu uma frase que serviu de lema para Dênissom liderar os defensores da ordem cainitas: "Membros da Camarilla, o Sabá é surdo para vossas palavras, somente escutam a minha, ..., lembrem-se disso!". Feito isso virou as costas e abandonou a reunião. A partir desse momento foi instituída um dos melhores grupos de Xerifes e Delegados cainitas que se tem idéia, liderados pelo Ventrue Dênissom.

1987: Anton Straws (Tremere) deixou seu país de origem a França e passou a fazer parte da cidade.

Ben Hur abraça Deyse Federle, eleita Miss Pharahos no ano de 1995.

1987: Anton Straws (Tremere) deixou seu país de origem a França e passou a fazer parte da cidade.

Ben Hur abraça Deyse Federle, eleita Garota nacional no ano de 1995.

1988: Daniela é abraçada por Solis Manenzo em Metrópole. Em breve, com a chegada de James Noal ambos decidem casar e morar juntos. Em 1999 ambos resolvem mudar de ares, e estabelecem-se em River Land.

1989: Uma criança de cerca de 7 anos é abraçada (supostamente pelo Sabá) e abandonada no jardim da mansão de Andréia. Ainda antes de ser liberada por Andréia (sua tutor), foge sem ninguém saber para onde. Desde então apenas se relaciona com membros do clã Malkavian, demonstrando fobia dos outros clãs.

O Toreador Mestre tem aceito seu pedido para tornar a sua academia (Templo Tao) como elísio de River Land, embora tenha sido negado por unanimidade o Templo Budista, também localizado no Bairro Chinês.

Davian Ramir, membro do clã Lasombra Antitribu é aceito morador de River Land. Devido sua reputação na Camarilla é logo nomeado primógeno da Camarilla local, despertando um profundo ódio do Sabá, assim como uma mútua desconfiança entre os membros da Camarilla, por deixar claro o fato de haver membro(s) infiltrados do Sabá.

1990: Maríndia apresentou em Metrópole sua prole, Fernando Guerra.

1992: Mana abraça Ferlauto Arantes com a permissão do Coronel Balthasar. Ambos trabalhavam há anos no Complexo Artístico de Castle City.

Mark Rhidel, Brujah de nacionalidade Inglesa, recebe visto de permanência dos vampiros de Castle City, vindo a se tornar líder dos anarquistas na cidade.

Ana Paula Lima (aquela que acha que o clã Tremere é o mais perfeito), estudante de Wiccans e magia é abraçada pelo violinista Tremere Anton Straws.

1993: Quando a Camarilla já estava estruturada, com Amadeus quase não se envolvendo com a política da sociedade vampírica, Andréia e Ben Hur resolver realizar pequenas alterações na estrutura da primigênie retirando Galeus (Nosferatu) do posto de primógeno. Não satisfeitos com a expulsão de Galeus, tentavam armar planos de retirar a Castle City do domínio do Coronel. No lugar de Galeus, assumiu a Nosferatu Angela.

Jacob Dorneles é encontrado e apresentado à Camarilla. Ele é um membro desgarrado incorporado aos Caitiff.

Rades Arknound apresenta Dinósceles Andradas. Ele não é sua prole, mas foi deixado aos cuidados por um amigo de Rades. É o personagem mais louco da cidade. Possui múltiplas personalidades, muito divertido conviver com ele.

1994: DJ. Ventuinha do clã malkavian muda-se para a cidade para tomar conta da Boate Aquárius Night de propriedade de seu senhor (uma boate bem conceituada, senão a melhor, da cidade).

Mana abraça Franciela Kwansky, uma roqueira dark, que logo se junta aos anarquistas.

Dorneles abraça a estudante universitária Andri.

1995: Bobby numa reunião acusou Andréia de interferir nos seus negócios (junto a máfia) e de tentar "roubar" os domínios da Cidade do Crime, a ele "concedido" direito conforme documento assinado por Andréia o qual apresentou aos presentes.

Dj Ventuinha é encarregado de manter a ordem na boate Aquarius Night, declarado elísio de River Land por unanimidade, por ser frequentado por muitos cainitas da cidade.

Ben Hur convida Nereu Padilha, Toreador residente em São Paulo - Brasil para administrar e coordenar a Ala de Esculturas do Complexo Artístico da Cidade Artística em River Land.

Antônio é "capturado" pelo Xerife e apresentado à Prímigênie. Em seu refúgio é encontrado uma carta anônima escrita há cinco anos. Nela constava que Antônio fora abraçado sem autorização por um vampiro malkavian em 1994. Desde então passou a fazer parte dos membros da Camarilla.

É realizada uma reunião da Camarilla em River Land para análise e declaração de novos elísios. Por fim, foram declarados o Calçadão Central, o Bar Liberdade de Expressão e o Complexo Artístico de Castle City, tendo como responsáveis pelos mesmos a príncipe Andréia, o Gangrel Kwaider e a Toreador Mana respectivamente.

O enigmático Nosferatu Ninja passa a integrar o círculo Operações Especiais e fixa-se na cidade de Esplanada.

1997: Milena do clã Gangrel traz uma carta de recomendação e através das ordens do Coronel, repassadas por Suzana, recebe visto de permanência na cidade.

Os Gêmeos Ademir Flores e Adelir Flores são abraçados e abandonados aos cuidados da Camarilla, incorporados aos Caitiff.

Kika após muito insistir consegue apoio da primigênie para a declaração do Museu Universitário de River Land se tornar elísio.

1998: André Grabler, hacker do clã Malkavian é enviado por Dorneles (vampira da Metrópole para a River Land.

1999: Washinghton Bial retorna aos seus negócios em River Land trazendo junto consigo sua prole Marcos Pontes, mauricinho aficionado por carros.


Pharahos by Night é produto de ficção e imaginação. Qualquer semelhança com fatos ou pessoas na vida real é mera coincidência.